Arquivo da categoria: Guaruja

Mais CETESB!!! Podemos confiar?

Recebemos essas imagens enviadas pelos companheiros Carlo e Gabi, tiradas na terça-feira passada, dia 01/01/2011, às 17 horas na Praia da Enseada, em Guarujá, na altura da Rua Santa Maria. Felizmente, a tecnologia digital ainda não consegue capturar e retransmitir o odor, neste caso o mau cheiro, assim, nós poupamos o leitor das náuseas, mas fiquem com as belas imagens do fim de tarde.

Se você foi uma das milhares de vítimas da super-bactéria deste verão em Guarujá, e for entrar com uma ação por danos morais e físicos contra a omissão da Prefeitura Municipal de Guarujá, contra a SABESP pela ausencia de saneamento basico no municipio de Guaruja, contra a Secretária de Estado da Saúde pelo deficiente atendimento dos postos de saúde, aconselhamos estender a ação à CETESB. Pois nosso órgão de tecnologia em saneamento ambiental que tem por missão fiscalizar e controlar a poluição existente em todos os ambientes, ao dar sinal verde para o acesso à praia, afirmando que os “coliformes fecais” estavam abaixo do limite permitido, autorizou os cidadãos a correrem o risco de serem envenenados. E ao Ministério Público caberia investigar se a CETESB é co-responsável pelo surto de viroses no município de Guarujá em janeiro deste ano. A seguir o link de acesso a pagina de balneabilidade das praias de Guaruja da CETESB:

http://www.cetesb.sp.gov.br/qualidade-da-praia/guaruja

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Baixada Santista, CETESB, Guaruja, poluiçao ambiental

A pistolagem, os lambaris e os tubarões de Guarujá.

. Uma praia (Pitangueiras) repleta de arranha-céus que escondem o sol às duas horas da tarde! (estudo de caso de como não se deve ocupar a orla difundido em todo o mundo)

. Verticalização inconsequente de novas praias (Enseada) para atender a especulação imobiliária.

. Corrupção no poder público para atender os interesses dos especuladores.

. Ocupação irregular de áreas públicas em praias por quiosques e restaurantes.

. Ocupação irregular de condomínios em morros e áreas de mananciais.

. Ocupação irregular de áreas de mangues por marinas e estaleiros.

. Expansão desordenada da atividade portuária

. Absoluta falta de saneamento básico, com ligações clandestinas provindas dos condomínios de veraneio que visivelmente fazem aumentar o fluxo de esgoto nas praias durante a temporada.

. Distribuição desordenada de água potável (bem público): falta água na maioria dos bairros enquanto que os condomínios na orla despejam 20, 50 e até 100 mil litros de água na rua para limparem seus piscinões de reserva.

. Colapso da saúde pública.

. Inchamento populacional em uma ilha que não comporta o adensamento urbano.

. Favelização crescente ocupando as encostas, cursos d’água e manguezais.

Infelizmente, enquanto os verdadeiros problemas que afligem há dezenas de anos a ex-Pérola do Atlântico das fotografias de Oswaldo Cáfaro – vejam as imagens no link –

http://www.novomilenio.inf.br/guaruja/gfoto010b.htm

não começarem (porque vai levar muito tempo) a serem resolvidos, os poucos que tentam fazer alguma coisa são assassinados.

Nossa amiga Elizabeth (ex-aluna do Romazzini) enviou a notícia escrita por Erik e publicada no blog do Luis Nassif (esse não é comunista, nem utópico e outros nomes mais que nos chamam), sexta 26/11/2010 às 16:32

“Assassinaram na madrugada de hoje o vereador Luís Carlos Romazzini (PT) no Guarujá, litoral de SP. Eu conhecia o vereador pessoalmente, ele foi professor de alguns amigos meus no ensino fundamental e era um dos poucos a fazer oposição a uma situação política que mais lembra uma máfia.

A política no Guarujá é complicada. Eu morei lá bastante anos e o que mais a população sente é o descaso seguidos com a cidade.

  • Mais de 50% da população mora em favelas;
  • O transporte público é horroroso;
  • A saúde vai mal e a educação é péssima.
  • É um reduto dos ricaços de SP e cidade veraneio de boa parte da classe média paulista (a cidade chega a ter 1,4 milhão de pessoas na alta temporada).
  • É um Rio de Janeiro em escala (de beleza e de violência também).
  • Uma pequena casta de comerciantes e empresários da cidade se revezam a anos na câmara e,
  • a atual prefeita conseguiu a proeza de ser pior que o prefeito anterior.

Já fazia alguns anos que Romazzini fazia uma oposição mais “discreta” pois recebia ameaças de morte desde o primeiro mandato (2005-2008). Para completar o caldeirão político, a atual prefeita foi um dos principais nomes do mesmo PT até migrar para o PMDB nas últimas eleições municipais. Espero que Romazzini descanse em paz. Ele foi grande!”

Publicado na Folha: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/836493-vereador-e-assassinado-no-guaruja-sp.shtml

Saiu na televisao: http://www.band.com.br/jornaldaband/conteudo.asp?ID=100000372618

Blog do Romazzini: http://prof-romazzini.blogspot.com

Quanto ganham os políticos, donos de imobiliárias, construtoras, cartórios, etc… com a modificação da lei que permite edifícios de mais de 20 andares na Enseada? Por que a ação movida pela ex-promotora Juliana Andrade contra esse absurdo foi arquivada?

Se quiserem que alguma coisa mude de fato, deverão deixar os lambaris de lado e atacar os tubarões (e também os defensores de tubarão).

O resto é nhenhenhem, conversa mole pra boi dormir. Minha homenagem sincera ao Romazzini, meu colega de aulas na  Faculdade Don Domenico.

Carlo Romani.

4 Comentários

Arquivado em Baixada Santista, Guaruja, Politica